Skip to content

7 sintomas de imunidade baixa que você deve ficar atento!

A imunidade baixa tem causado muita dor de cabeça por aí. Afinal, de uns tempos para cá, grande parte das pessoas passou a se preocupar muito mais com o sistema imunológico por causa de diversos fatores.

Isso porque essa área do organismo funciona como uma barreira que impede a ação de diversos microorganismos estranhos ao nosso corpo, como bactérias, fungos e vírus e conhecer essas informações é fundamental para não ficar doente.

Esse sistema é composto por muitas células e moléculas que, espalhadas pelo corpo todo, são capazes de reconhecer e responder aos antígenos que atacam nosso organismo. É dessa forma que o corpo humano se mantém longe de diversos tipos de infecções e outras doenças.

Entretanto, por conta de fatores externos como alimentação, hidratação e até mesmo horas de sono, o nosso sistema imunológico pode não funcionar da maneira adequada na hora em que mais precisamos dele. Sendo assim, é preciso estar sempre trabalhando para mantê-lo em pleno funcionamento e também conhecer imunidade baixa sintomas.

Quer saber quais sintomas de imunidade baixa e quais as principais causas de imunidade baixa? Continue por aqui para se informar sobre tudo isso e muito mais!

O que é imunidade baixa

imunidade baixa alimentos
7 sintomas de imunidade baixa que você deve ficar atento!

Se você quer saber imunidade baixa o que é, leia essa explicação. O nosso sistema imunológico se trata de um conjunto de células, órgãos e tecidos que, juntos, trabalha de forma a proteger o nosso organismo contra possíveis agentes externos causadores de doenças.

Quando ouvimos dizer que a imunidade de alguém está baixa, isso quer dizer que aquela pessoa está mais sujeita a contrair doenças, porque seu sistema de defesa está passando por dificuldades.

Isso significa que a velocidade de resposta do corpo humano para combater qualquer agente externo diminui, o que nos torna alvos mais fáceis para alguma doença que pode ser causada por diversos tipos de microorganismos.

7 sintomas de imunidade baixa

Apesar de cada pessoa ser um organismo único com suas particularidades, existem alguns sinais vermelhos que chamam atenção dos médicos quando o assunto é imunidade baixa. Dessa forma, vale a pena ficar atento a alguns sintomas que, quando persistentes, podem ser um mau sinal:

  • Herpes genital e oral;
  • Infecções recorrentes na pele;
  • Gripes e resfriados;
  • Otite;
  • Amigdalite;
  • Candidíase,
  • Estomatite

Dicas rápidas para combater a imunidade baixa

Sabendo o quanto ter a imunidade baixa pode ser prejudicial ao seu organismo, é evidente o quanto é necessário trabalhar para mantê-la sempre lá no alto. Sendo assim, vale conhecer alguns hábitos que podem e devem ser seguidos se o seu objetivo é levar um estilo de vida saudável.

Se você está pensando sobre imunidade baixa o que fazer, uma boa opção é rever a sua alimentação. Ter uma dieta equilibrada e balanceada, que seja capaz de oferecer todas as vitaminas e sais minerais que você precisa para manter seu sistema imunológico funcionando é o primeiro passo.

Junto da alimentação é imprescindível manter também um nível de hidratação adequado. A maioria das pessoas acredita que só é necessário beber água quando estamos com sede, mas o indicado pelos médicos é justamente o contrário.

Temos que beber bastante água ao longo do dia, tentando alcançar os famosos 2 litros diários. Isso é algo fundamental para quem deseja saber como lidar com imunidade baixa como aumentar.

Com a alimentação revista e a hidratação em dia, está na hora de falar sobre um dos principais fatores de porque a imunidade baixa: a falta de exercícios físicos. A prática diária e moderada de exercícios vai muito além da estética e te ajuda a prevenir diversos tipos de doenças.

O que causa a imunidade baixa

Nos últimos meses, muita gente tem buscado por imunidade baixa causas. Nesse cenário, várias delas estão descobrindo que são muitos os fatores que podem levar a uma queda do sistema imunológico. No entanto, apesar de serem diversas as causas, podemos citar aqui as mais recorrentes e que acometem a maior parte da população mundial, confira:

  • Alimentação: a ingestão frequente de comidas processadas, a falta de alimentos frescos na dieta e não consumir frutas, legumes e verduras regularmente acarreta em danos para o sistema imunológico;
  • Exercícios físicos: a falta de uma rotina diária de exercícios físicos é um dos motivos que pode levar a uma imunidade baixa;
  • Vícios: bebidas, álcool e drogas em excesso são prejudiciais à saúde do corpo como um todo, além de serem danosos ao sistema imunológico,
  • Sono: a falta de horas de sono adequadas pode gerar consequências terríveis, como o estresse, que diminui a atuação do sistema imunológico.

Cuidado com sintomas recorrentes ou persistentes

Além de cultivar bons hábitos para combater a imunidade baixa, existem outros fatores a serem considerados quando o assunto são sinais de imunidade baixa. A recorrência de doenças ou certos sintomas, por exemplo, pode ser um alerta importante.

Por meio de infecções ou doenças recorrentes, o seu corpo tenta te avisar que alguma coisa está errada. É mais fácil compreender que o nosso sistema imunológico não está funcionando de maneira adequada quando ocorrem várias repetições de complicações no nosso corpo.

Isso ocorre porque a baixa na resistência da imunidade acaba por criar condições que favorecem o desenvolvimento cada vez mais frequente de doenças. Assim, caso você esteja apresentando o mesmo problema diversas vezes ao ano, vale a pena procurar um médico.

Em alguns casos, parar de tratar os sintomas específicos e começar a trabalhar diretamente com a imunidade é a melhor opção para evitar as dores e resolver o problema de uma vez por todas.

Exame de sangue e imunidade baixa

Através de um exame de sangue é possível que o médico avalie se o paciente se encontra com a imunidade baixa. O hemograma é capaz de medir a quantidade de células de defesa baseado na amostra de sangue retirada do paciente.

Através dele, é possível confirmar se existe alguma infecção ou caso de anemia, por exemplo. Assim, por meio contagem de células pode-se saber se as células que compõem o sistema imunológico estão em quantidade suficiente. Caso a resposta seja negativa, o motivo das infecções recorrentes se torna facilmente detectado.

Imunidade baixa prejudica a saúde dos idosos

Sem dúvida, em todas as fases da vida enfrentar um período de imunidade baixa é muito ruim. Entretanto, os idosos podem sofrer mais com isso do que outras faixas etárias, entenda porquê.

Ao chegar a uma idade mais avançada, naturalmente o corpo humano acaba sofrendo desgastes e alterações hormonais, contribuindo para o enfraquecimento do sistema imunológico.

É nesse momento que as portas se abrem para os mais diversos tipos de doenças infecciosas, tornando o corpo do idoso mais vulnerável. Antes, doenças que eram mais fáceis de tratar, não conseguem ser curadas em tão pouco tempo assim.

imunidade baixa causa queda de cabelo

Baixa imunidade feminina

A imunidade baixa pode afetar tanto homens quanto mulheres, independente do sexo. Entretanto, existem alguns sintomas que podem ser observados no sistema imunológico feminino que chamam mais atenção.

Um deles é, certamente, a recorrência da infecção chamada candidíase. Muito comum na área genital, é bastante recorrente em mulheres. Caso esse quadro se repita mais de duas vezes por ano pode ser um forte indicativo que o sistema imunológico está falhando.

Além disso, também é comum notar mais em mulheres os sintomas de queda de cabelo e unhas quebradiças. Os dois sintomas podem ser provenientes de outras doenças, mas caso estejam associados a outros fatores, como estresse e má alimentação, vale a pena procurar um médico para conferir se existem alguns sinais de imunidade baixa.

Imunidade baixa tratamento caseiro

Conforme vimos ao longo do artigo, não deixar a imunidade baixa é um fator essencial para se manter sempre saudável e longe de doenças. Um sistema imunológico fortalecido e funcionando da maneira correta é essencial para não pegar infecções.

Além de adotar hábitos de vida mais saudáveis, também existem alguns tratamentos caseiros que você pode implementar na sua rotina para fortalecer a sua imunidade, como, por exemplo:

  • Chá de gengibre;
  • Suco de morango;
  • Suco de manga,
  • Chá verde.

Esses são alguns exemplos de sucos e chás que podem fazer parte da sua rotina e que te ajudam a manter a imunidade lá em cima. No entanto, não tenha medo de experimentar outras ervas medicinais e alimentos ricos em vitaminas e sais minerais, visto que cada corpo é único e responde de maneira diferente aos estímulos. Assim, você fica informado sobre imunidade baixa o que tomar e se mantém protegido.

Gostou desse conteúdo, mas ainda ficou com alguma dúvida? Então confere aqui esse vídeo e comece logo hoje a adaptar a sua rotina para incorporar hábitos mais saudáveis e descubra tudo sobre quando a imunidade baixa!

E se você não quer perder nenhum conteúdo sobre saúde e deseja se manter atualizado sobre imunidade, não deixe de conferir nosso blog https://conectividadesocial.online/ e descobrir muito mais sobre o assunto e também sobre imunidade baixa o que tomar.